Skip to main content
Monthly Archives

Novembro 2018

A FNSTP CRÍTICA OPERADORES E SINDICATO DE SETÚBAL

By FNSTP

Em comunicado, a Federação Nacional dos Sindicatos de Trabalhadores Portuários, “condena veementemente a indignidade da situação laboral vivida no porto de Setúbal há mais de 20 anos, com a conivência dos parceiros sociais”.

A greve/indisponibilidade que se verifica desde 5 de outubro, serve a causa pessoal e política e não os reais interesses dos trabalhadores em situação de instabilidade contratual.

Repudiando a utilização de quaisquer trabalhadores alheios ao porto de Setúbal e condenando a intrusão no seio dos trabalhadores portuários de agitadores, a FNSTP lembra que “os seus trabalhadores não deixam hoje de se interrogar sobre o que andou aquele sindicato a fazer durante as duas últimas décadas e a razão oportunista por que só agora apareceu para aproveitar politicamente a situação de precariedade que sempre ignorou”.

Comunicado conjunto da UGT e FNSTP sobre a situação laboral do porto de Setúbal

By FNSTP

A UGT considerou hoje que a situação no porto de Setúbal é insustentável e põe em causa os interesses do país, sendo fundamental que seja encontrada uma solução que respeite os trabalhadores e seja garantido às empresas a continuidade da sua atividade.

Por seu lado, a FNSTP, defendeu que os trabalhadores portuários não podem continuar reféns de ambições pessoais, e que a maior parte dos portos têm funcionado dentro da normalidade com exceção de Lisboa e Setúbal.

Ver comunicado