Skip to main content
Monthly Archives

Maio 2021

Eleição no SITGOA

By FNSTP
SINDICATO DOS TRABALHADORES PORTUÁRIOS DO GRUPO ORIENTAL DOS AÇORES

A assembleia eleitoral que ocorreu ontem, 27 de maio, elegeu novos corpos sociais para dirigir os destinos daquele Sindicato no período de 2021 a 2023.

Os eleitos:

MESA DA ASSEMBLEIA GERAL

Presidente

Vice-presidente

Secretário

José Miguel da Ponte Raposo

Bruno Filipe Soares de Lima

Pedro Miguel Vidinha Pacheco

DIREÇÃO

Presidente

Tesoureiro

Secretário

Suplente

César Francisco Carreiro Viveiros

Emanuel da Costa Botelho

Carlos Manuel Medeiros Furtado

Pedro Miguel Valério Ribeiro

COMISSÃO DE FISCALIZAÇÃO

Presidente

1.º Secretário

2.º Secretário

José Francisco de Almeida Silva

Tiago Severino Carreiro Viveiros

Rodrigo Miguel Botelho Moniz

Reunião da FNSTP e o SEAC

By FNSTP

A direção da Federação Nacional dos Sindicatos de Trabalhadores Portuários, foi recebida hoje, pelas 14,30 horas, pelo Sr. Secretário de Estado Adjunto e das Comunicações.

Na sequência do pedido de audiência, ocorreu hoje uma reunião entre a direção da Federação e o Sr. Secretário de Estado Adjunto e das Comunicações, Dr. Hugo Santos Mendes, nas instalações do Ministério das Infraestruturas.

Sendo pretensão da Federação reativar e concretizar o processo pendente, promovido no tempo, pela ex-Ministra do Mar, Eng. Ana Paula Vitorino, o qual corporiza propostas e medidas sobre questões setoriais portuárias, de cuja adoção resultem assinaláveis melhorias a nível da eficiência e da competitividade dos portos nacionais, a par da promoção e efetivação de soluções de caráter social que relevem a particularidade específica das condições penosas em que esta profissão é tradicionalmente exercida, o Sr. Secretário de Estado mostrou-se recetivo no seu prosseguimento, assumindo a necessidade de se constituir um grupo de trabalho para o efeito. 

Na referida reunião houve também lugar à abordagem de um problema que, no momento, aflige os trabalhadores portuários do TMS-Terminal Multipurpose de Sines: a não garantia da sua estabilidade de emprego, em consequência do anúncio de uma nova concessão para aquele terminal.

Sobre este tema, o posicionamento da tutela foi de molde a deixar a Federação com a convicção de que o futuro dos trabalhadores está assegurado.